Dicas

imgs dicas - Dicas

Confira nossas dicas e saiba como contratar uma dedetizadora de qualidade

Em vários casos, ao contratar um serviço de controle de pragas profissional os clientes não sabem exatamente o que esperar ou cobrar da empresa contratada. Pensando nisso, procuramos resumir alguns pontos essenciais para um controle efetivo de pragas e para você receber exatamente o serviço que contratou, evitando assim colocar em risco a sua saúde, a da sua família e dos seus clientes .

1º Dica – Tipos de Controle

Para cada praga alvo existem formas de controle diferenciadas, podendo variar desde o produto utilizado, a técnica e até a forma de aplicação. Há situações em que as aplicações são feitas apenas nos rodapés, em outras são necessárias aplicações no rodapé e roda-teto ou até mesmo feitas por perfuração e injeção.

Há diferença ainda no tipo de inseticida a ser usado e qual a praga alvo a ser controlada. Inseticidas que atacam baratas não afetam necessariamente escorpiões, por exemplo. Fique atento para empresas que não levam em conta a praga alvo a ser controlada no momento de fornecer um orçamento de dedetização. Isso pode indicar que a empresa faz o mesmo controle para todos os tipos de pragas, o que não é efetivo na maioria dos casos.

Em situações mais específicas, a empresa deve preocupar-se em fazer visitas ao cliente. É sempre essencial que a empresa levante informações para determinar qual o inseticida e a forma de aplicação mais apropriada para o tipo de praga.

2º Dica – Cheiro dos Inseticidas

Algumas pessoas acreditam que inseticidas de dedetização efetivos tem cheiro forte e isto não é verdade. Hoje em dia os inseticidas de qualidade, que deixam no ambiente um efeito residual, são quase inodoros. Saiba ainda que empresas e aplicadores individuais, conhecidos como Zé Bombinhas, fazem misturas que contém apenas querosene, deixando um cheiro forte após a aplicação mas que não tem nenhuma efetividade.

Existem sim produtos com cheiro forte, mas em geral eles não são utilizados por acabarem sendo mais tóxicos ao ser humano, não terem efeito residual e causarem maiores transtornos ao cliente, porém, por terem um valor menor, muitas dedetizadoras hoje dão prioridade a esse tipo de produto. Mais uma vez, percebemos que o baixo custo acaba vindo associado à baixa qualidade no serviço.

3º Dica – Preparo da Calda

O tempo e a forma como é preparada a calda também podem influenciar nos resultados. Peça que a empresa faça a mistura do inseticida com o diluente na hora da aplicação. Assim você já irá se certificar de que o inseticida utilizado é de qualidade. Muitas empresas dizem que usam produtos de grandes fabricantes quando, na verdade, usam venenos de qualidade duvidosa ou até mesmo caseiros. Se a empresa disser que levará a embalagem do produto para lhe mostrar, não aceite! Uma embalagem vazia não prova nada. Além disso, depois de misturado, o inseticida pouco a pouco vai perdendo sua eficiência.

4º Dica – Garantias

Cuidado com garantias muito longas. Grandes fabricantes e fornecedores de produtos de dedetização de qualidade não oferecem mais do que 3 meses em seus produtos para o controle da maioria das pragas.

Hoje, grande parte das dedetizadoras oferece 6 meses de garantia nos serviços de dedetização. Isso porque, na verdade, durante os 3 primeiros meses o inseticida está realmente agindo de maneira efetiva, depois desse período a efetividade dos produtos diminui e o número de pragas pode começar a aumentar.  Normalmente, enquanto a infestação de pragas estiver baixa você não irá perceber a presença delas mas quando a infestação aumentar significativamente as pragas ficarão notáveis outra vez. Esse aumento é gradual e geralmente leva um tempo, totalizando na maioria das vezes os 6 meses de garantia dado por certas empresas de dedetização. O problema disso é que os clientes que não tenham um contrato com uma empresa que esteja avaliando mensalmente sua situação, realizando somente a dedetização a cada 6 meses, acabam por se sentirem protegidos, enquanto na verdade sua saúde, higiene e bem-estar podem estar comprometidos sem que percebam.

5º Dica – Cuidado com os Animais

Quem tem animais de estimação muitas vezes fica com medo de contratar uma dedetização. Nesse sentido, uma série de cuidados devem ser tomados pela controladora de pragas. Para realizar a dedetização, exceto se o animal for alérgico, não há necessidade de cuidados maiores além o de isolar a área até a secagem do produto. Após esse período, inseticidas de bons fabricantes se cristalizam e são difíceis de serem removidos, mesmo com o uso de água ou com a lambida de animais.

Para desratização com iscas raticidas de qualidade e registradas no ministério da saúde, o perigo de envenenamento de animais é mínimo, porque o fabricante coloca um  amargante e seu gosto é insuportável para os animais, exceto para o rato que não tem paladar para amargo.

Outro cuidado importante é colocar as iscas em locais de difícil acesso, onde somente ratos são capazes de chegar.

Por fim, o cliente deve manter o animal afastado no momento da aplicação do produto de dedetização, para que ele não veja os locais e não fique curioso. Essas ações conjuntas fazem com que a aplicação seja perigosa apenas para as pragas. Vale lembrar que algumas dessas dicas partem da premissa que a sua dedetizadora utiliza produtos de qualidade!

6º Dica – Crianças, Idosos, Alérgicos, Clínicas e Ambientes Hospitalares

Em locais onde circulam ou moram pessoas alérgicas, idosos, crianças menores de seis anos ou até mesmo ambientes hospitalares, deve-se ter cuidado especial.

Esse público necessita da aplicação de inseticidas menos agressivos e apropriados para este fim. Existem hoje inseticidas e iscas para dedetização usados especificamente nesses casos que, apesar de ser mais caras, são essenciais para o bem-estar dessas pessoas. Lembre-se sempre de avisar sua dedetizadora sobre algumas dessas características.




ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!!!